Vereador Mateus destaca investimentos e requer criação de linha telefônica para atendimento às demandas de Iluminação Pública

Tanto na zona rural quanto urbana, é grande a demanda referente à Iluminação Pública. Rotineiramente, na Câmara, são apresentadas solicitações. Devido à burocracia nos processos documentais necessários entre a Casa Legislativa e setor competente, o Vereador Mateus Assayag (PL) apresentou Indicação para a criação de um contato, via linha telefônica, à Secretaria de Obras para atender tais demandas.

“Tal iniciativa tornará prática e acessível a resolução dessa problemática recorrente. Uma vez que Parintins tem proporção de grande porte nesse serviço, não sendo possível acompanhar a manutenção diariamente”, justifica em sua propositura.

Mateus prestou agradecimentos aos Senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB), deputados federais e estaduais que destinam emendas para que obras aconteçam no município. Também agradeceu a parceria do governador Wilson Lima (PSC). Disse isso, ao pontuar as inaugurações realizadas na semana passada.

Sistemas de abastecimento de água, banheiros residenciais, sistema viário, Cidade da Criança do Caburi, academias ao ar livre, UBS, Caps-AD, escolas e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) foram entregues à população. Sobre as escolas, listou as entregues nesta gestão e na anterior do prefeito Bi Garcia (DEM).

“Fazer escola na zona rural é cuidar das futuras gerações. Somente com educação nós melhoramos a sociedade, o mundo, capacitamos as pessoas para que possam desempenhar uma função melhor na nossa sociedade”, exaltou.

Referente às UTIs, registrou a participação de muitas mãos – Prefeitura, Governo do Estado do Amazonas, empresa Celeo e Câmara de Parintins, com destaque ao papel do Poder Legislativo. “A Câmara de Vereadores foi fundamental. Nós discutimos a questão tributária, vimos onde o município ia ganhar e ia perder. Esta Casa se debruçou sobre aquela Lei e aprovamos, o que permitiu conseguir o recurso através da Celeo”, declarou ao fechar seu discurso.

Texto: Mayara Carneiro – Assessoria de Imprensa da CMP / Fotos: Pedro Coelho

você pode gostar também