Reprovação de contas de Arineide Tavares impede SINPTEMPIN de realizar nova eleição

A reprovação de contas da atual diretoria do Sindicato dos Profissionais e Trabalhadores em Educação de Parintins (SINPTEMPIN), comandada pela professora Arineide Tavares, impede que o sindicato realize eleição para escolha da nova diretoria.

As contas da atual gestão do SINPTEMPIN impede a formação de comissão eleitoral. A reprovação das contas da gestão de Arineide Tavares ocorreu em assembleia geral realizada no início de maio. Na ocasião, o conselho fiscal deu parecer a favor da reprovação da prestação de contas. Seguindo o parecer, 26 sindicalizados votarem pela reprovação das contas e 11 a favor da aprovação.

Dentre as irregularidades constatadas pelo conselho fiscal do sindicato estão a ausência de documentação referente aos anos anteriores, apresentação de recibos de empréstimos pessoais e empréstimos com agiotas para comprovação de gastos da entidade. Segundo o conselho fiscal, não há justificativa para que o SINPTEMPIN realizasse gastos com empréstimos. Mensalmente o sindicato recebe contribuição de profissionais sindicalizados, descontada diretamente da folha de pagamento.

Após a reprovação das contas, o conselho fiscal do sindicato fará a análise de toda a documentação apresentada pela atual diretoria e convocará, na próxima semana, uma nova assembleia geral.

você pode gostar também