Rede de Proteção reúne para elaborar agenda de mobilização para combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes

Membros da Rede de Proteção do Município de Parintins reuniram nesta quarta-feira (05), no Auditório da Estação Cidadania “João do Carmo”, para elaborar a agenda de mobilização para o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. A reunião foi comandada pela secretária da Assistência Social, Zeila Cardoso.

Para o dia 18 de maio, dia “D” da programação, haverá ato público na praça da Catedral do Carmo, às 17 horas, com a participação de todos os representantes de entidades que integram a Rede de Proteção de Parintins. Na sequência, as mobilizações serão através da mídia e encontros presenciais nas zonas urbana e rural.

Na elaboração da agenda de mobilização foram sugeridas divulgação das ações em programas de rádios, redes sociais, exibição de vídeos informativo e educativos. A proposta é alcançar todos os públicos. Um dos planejamentos é promover encontros na zona rural que apresenta índices altíssimos de violência sexual.

O Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes “Esquecer é Permitir, Lembrar é Combater”, envolve a sociedade brasileira em um só sentimento. O município de Parintins alerta que a pandemia não acabou, então; Defenda, Proteja e Faça Bonito! Rompa o Silêncio! Não se cale!

Integram a Rede de proteção de Parintins a Semasth, Ministério Público, Defensoria Pública, Policia Militar,  CMDCA, CMAS, Câmara de Vereadores, Conselho Tutelar, Comissariado da Infância e Juventude, Juizado da Infância e Juventude, Delegacia Especializada e Policia Civil, Corpo de Bombeiros, Pelotão Mirim, Proteção Social Básica, e Especial, Associações de bairros, SEMSA, SEDUC, SEMED e Associações Folclóricas Caprichoso e Garantido.

Blog Ilha Tupinambarana

você pode gostar também