Rádio Sateré TY será inaugurada em Dezembro

A história da comunicação radiofônica no Brasil tem se ampliado e unido cada vez mais às pessoas. No Amazonas, uma rádio comunitária faz parte da vida do povo Indígena Sateré Mawé, região do Andirá, município de Barreirinha.

A inauguração da Rádio Sateré TY FM 87.9 tem dia marcado: 17 de dezembro de 2021. Será um dia que entrará para história do povo Sateré Mawé. A rádio comunitária estar instalada na área da Escola Indígena São Pedro (EISP).

A Rádio Sateré TY é um projeto ousado que tem no alicerce sentimentos de amor, coragem e fé. Seu protagonista é uma pessoa muita conhecida do povo desta região: padre Henrique Uggé. Missionário do Pontifício Instituto das Missões Exteriores (PIME), contemporâneo do primeiro bispo de Parintins, dom Arcângelo Cerqua e de outros religiosos.

Padre Henrique Uggé da Rádio Alvorada, dos pequenos fatos da vida, poeta, escritor. Padre Henrique Uggé fundador da EISP,  fundador do Jornal Novo Horizonte, idealizador da festa de Natal das Crianças no Bumbódromo.

Padre Henrique Uggé foi grande incentivador da formação acadêmica dos profissionais da Rádio Alvorada (curso de Especialização em Comunicação Social no Estado de São Paulo).

Via Whatsapp conversarmos com padre Henrique Uggé sobre a Rádio Sateré TY FM 87.9 que será inaugurada em 17 de Dezembro. Padre Henrique Uggé comentou sobre a emissora que vai falar o idioma do ouvite, vai unir cada vez mais os povos.

Sobre a rádio em fase experimental

Padre Henrique: “Desde o mês de agosto desse ano. Único problema é a energia, Luz para todos do nosso interior, que de vez emquanto passa até um dia tirando a emissora do ar. É em idioma Saterê e Portugues. Ràdio comunitaria ‘ Satere Ty’ (quer dizer Mãe dos Satere..temos até o hino da Rádio, refere-se também a Nossa Senhora como Mãe espiritual.. No momento tem uma ótima participação de voluntários entre os professores indigenas da Eisp e pessoal das comunidades Saterê…também via Whats App.
Alcance chega a dois terços da Area Indígena distancia geografica do alcance entre trinta ou pouco mais kilometros. Temos licença da Anatel para aumentar a potencia do trasmissor”.

Padre Henrique: “A novidade é uma emissora que fala o idioma do ouvinte…une as dezenas de aldeias de uma etnia com territorio demarcado e homologado da tribo Satere Mawé. Moradores residentes atuais em toda àrea mais de 16 mil habitantes…lembro as centenas de Sateré que moram nas cidades e municipios de Barreirinha, de Maués, Parintins e Boa Vista do Ramos”

Mais fotos..

Blog Ilha Tupinambarana / Fotos: João Moraes

você pode gostar também