“Pessoas estão jogando lixo na estrada”, alerta secretário da Semosp

Após fechar lixeiras viciadas em Parintins, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, Semosp, identificou que pessoas estão depositando resíduos sólidos de forma irregular na cidade. Na estrada Parintins/Macurani pessoas estão jogando lixo ao longo da via, desrespeitando a legislação e poluindo o meio ambiente.

Na semana passada, atendendo orientação da Prefeitura Municipal de Parintins, a Semosp desativou uma lixeira viciada na rodovia, no bairro Jacareacanga, alvo constante de depósito irregular de lixo. A secretaria teve que colocar um vigilante no local para evitar novas ações ilegais das pessoas.

No entanto, as ações irregulares continuaram. Desta vez, ao longo da estrada. Um passeio pela rodovia mostra a quantidade de lixo jogado no trajeto. O secretário da Semosp, Lázaro Ferreira, foi ao local e verificou a irregularidade. “As pessoas estão jogando lixo ao longo da estrada. Se você vem da Vila Cristina, você vai ver que a estrada está cheia de lixo. As pessoas arremessam das suas motos, dos seus carros. Eu já presenciei”, disse o secretário.

A moradora do Jacareacanga, Thifane Cunha, parabenizou a iniciativa da Prefeitura de Parintins em fechar a lixeira viciada e colocar vigilantes no local. Ela faz um apelo às pessoas que transitam na estrada. “Não joguem lixo na beirada da rua. Jogando lixo na rua os cachorros vão, mexem e espalham mais ainda. Esse é meu apelo, que procurem depositar em lixeira”, pediu .

Lázaro Ferreira afirma que as ações de limpeza continuam na cidade, em especial, o combate a criação de lixeiras viciadas. “Quem cria as lixeiras viciadas são as pessoas que não tem educação, que não cuidam bem do seu lixo. A gente precisou gastar dinheiro público para conscientizar as pessoas de que eles devem cuidar bem do seu próprio lixo”, destacou.

A coleta de lixo domiciliar naquele trecho acontece às terças, quintas e sábados, entre 18h e 19:30h. O carro coletor percorre toda a extensão da estrada e vai até os bairros Vila Cristina e Residencial Parintins.

Fonte / Secom

você pode gostar também