“O hospital Padre Colombo não irá fechar porque estamos trabalhando o repasse desses recursos”, garante Bi Garcia

O prefeito de Parintins, Bi Garcia (DEM), reuniu na manhã desta quinta-feira, 19 de novembro, com o governador do Estado, Wilson Lima, e o secretário executivo adjunto do Interior de Saúde, Cássio Roberto, para viabilizar a liberação de recursos estaduais para fomentar o funcionamento do Hospital Padre Colombo. O encontro ocorreu na sede do Governo, em Manaus.

O hospital Padre Colombo é administrado pela Diocese de Parintins e atua em parceria com o Governo do Estado do Amazonas e a Prefeitura.

O convênio firmado entre o Governo do Estado com o hospital terminou em agosto de 2020 e não havia sido renovado por problemas na prestação de contas. Anualmente o Estado repassa mais de R$ 7 milhões à unidade de saúde. Os recursos são destinados ao pagamento de profissionais e manutenção da casa de saúde.

Para solucionar o problema de repasses ao Padre Colombo, o Governo do Estado baixará uma portaria que garante o depósito mensal de verba. Os recursos serão destinados ao Fundo Municipal de Saúde, gerenciado pela Prefeitura de Parintins. O Município criará um plano de trabalho, juntamente com o hospital, para direcionar a aplicação da verba estadual para o pagamento de pessoal e manutenção da estrutura física.

“É uma vitória importante para o Município de Parintins. Eu, como prefeito, tenho a obrigação de fazer esse trabalho, de conquistar investimentos para a cidade, sejam eles para a alçada da Prefeitura ou não. Temos o objetivo bem claro de cuidar bem das pessoas e vamos manter essa pegada. O hospital não irá fechar porque estamos trabalhando o repasse desses recursos”, comemora o prefeito de Parintins, Bi Garcia.

Segundo Bi Garcia, o governador Wilson Lima garantiu que o Estado fará o repasse de verbas referentes aos meses de setembro, outubro e novembro em uma parcela única ao hospital. O depósito será feito até o fim deste mês.

Secom

você pode gostar também