MP determina que Gaeco investigue ataques em Manaus e no interior

Investigação será sigilosa – Foto: Divulgação

Manaus/AM – A ação de criminosos do Comando Vermelho que vêm espalhando o terror e destruindo bens públicos e particulares no Amazonas será investigada pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

A determinação partiu do Ministério Público, que informou ainda que os primeiros passos das investigações já foram dados, mas por enquanto, tudo deve ocorrer de forma sigilosa para não atrapalhar o trabalho dos policiais:

“O Procurador-Geral de Justiça do Amazonas, Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior, torna público que, diante dos eventos registrados em Manaus e mais duas cidades amazonenses na madrugada do dia 6, determinou ao GAECO (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) a apuração exaustiva dos fatos, visando a identificação do contexto, dinâmica e motivação envolvidos nas práticas e antecedentes dos recentes ataques ocorridos no Estado do Amazonas. 

O MPAM está atuando a partir das primeiras investidas criminosas. A apuração dos fatos segue com o máximo de amplitude e assiduidade.

As investigações correm sob sigilo e, tão logo seja possível, assegurada a eficiência das diligências, haverá a devida publicidade, que vigora como regra para os atos do Poder Público, dando-se a devida transparência e retorno para a sociedade”, diz a nota.

você pode gostar também