Homem se despede de familiar em oração

Foto: Arleison Cruz

A fé tem sido consolo para os que sofrem. Em período de pandemia, pessoas não escolhem locais para orar e clamar a Deus pela cura do ente querido.

E quando chega a hora de transferir o paciente para outro estado, o coração bate mais forte e a lágrima torna-se inevitável.

Imagem assim, tem sido trivial em dias tão difíceis. O homem que ora, foi a única forma de se despedir do familiar que foi transferido para um hospital do estado do Pará, nesta terça-feira (19).

A expressão facial, mostra o quanto ele sofre com a enfermidade do outro.

O coronavirus impõe limites. Até quando a pessoa falece não se pode aglomerar. A despedida é de longe. Momentos difíceis, doloridos, dias intensos.

Muitas vidas já pereceram, muita dor e sofrimento no meio das famílias. Com as orações e obediência muito se acredita que tudo isso vai passar em breve.

Blog ilha Tupinambarana

você pode gostar também