Sobre a audiência pública na Câmara: Gestão do HPC é desumana; Prefeitura não deve 1 centavo para hospital; Indicação de CPI para investigação e mais…

Palavras do Prefeito

O Prefeito de Parintins Bi Garcia foi enfático ao afirmar ser ato precipitado se fechar um Hospital que não cumpriu as suas metas e tem saldo a pagar com atendimentos à população parintinense. “Eu não atrasei nenhum dia e nós não devemos nada, nenhum centavo, ao Hospital Padre Colombo. Com todo respeito à Diocese, é lamentável e desumano o comportamento do Padre Mauro na gestão do HPC”, afirmou Garcia ao destacar que a bandeira de sua administração é cuidar bem das pessoas e que ninguém ficará sem atendimento médico em Parintins.

Palavras do bispo

Dom Giuliano Frigenni enalteceu a necessidade de reestruturação e reforma imediata do Hospital para melhor atender a população. “Como Bispo responsável da Diocese de Parintins, declaro à toda a população minha indignação pela injustiça que, através da imprensa e redes sociais, está acontecendo esses dias contra o Hospital Pe. Colombo, mas sobretudo contra a igreja envolvida nesta batalha”, declarou.

Palavras do Promotor

O Promotor de Justiça Marcelo Biratães indicou à Câmara instaurar CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar adequadamente a questão do Hospital Padre Colombo, pois trata-se de um assunto de responsabilidade de todos. Marcelo Biratães também afirmou que compete ao Estado intervir e exercer a sua função constitucional e retomar e reorganizar a estrutura do sistema de saúde na cidade de Parintins.

Palavras do secretário de Estado 

O Secretário Executivo Adjunto de Atenção Especializada ao Interior da Secretaria de Estado de Saúde, Cássio Roberto Espírito Santo, sugeriu que os recursos humanos, insumos e equipamentos sejam direcionados a outra unidade hospitalar, no caso ao Hospital Jofre Cohen, para que nenhum cidadão fique sem atendimento médico. “Depois da reestruturação e reorganização do HPC, nós temos sim interesse de traçar novas metas e convênios com esta unidade”, ressaltou o Secretário.

Palavras do Vereador

O Presidente da Câmara Mateus Assayag ressaltou sua preocupação com a prestação de um serviço público de saúde de qualidade e eficiente aos parintinenses, por compreender a importância desse sistema à população da zona urbana e rural. Assayag registrou que nenhum cidadão de Parintins deixará de ser atendido no Jofre Cohen, principalmente gestantes e crianças.

Texto: Mayara Carneiro – Assessoria de Imprensa da CM / Foto: Simone Brandão

você pode gostar também