Esqueceram a porteira aberta e o gado está na rua

Nesses relapsos se vê Parintins de antigamente. Vacilos propositais (ou não) permitiam a manada de bois sair do curral e ganhar as ruas. Em tempos mais modernos mentalidades elementares persistem. Embora desde os primórdios da humanidade a criação de animais sempre foi no campo.

Manadas de bois entre as pessoas disputando o mesmo espaço nas ruas. Um risco iminente. O pedestre pode ser atacado a qualquer momento. Buzinas, freadas bruscas, espantos, podem, ser fato desfavorável. Animais nas ruas sempre representaram perigo. Esses animais deviam estar no campo.

Parintins de antigamente oferecia muitos espaços para criação desses animais em campos afastados do perímetro urbano. Hoje, isso não é mais possível. A cidade está bem habitada. Quem detém esses escassos campos, ainda mantém o gado lá, entretanto, alguém passa e esquece a porteira aberta e o gado sai.

Parintins de antigamente não existe mais, como também a maneira rústica de se criar animais, porém, muitos pensamentos evoluíram e o que se vê é essa irresponsabilidade, ameaça a segurança das pessoas nas ruas e os mais procurando pasto onde não tem.

Blog Ilha Tupinambarana

você pode gostar também