‘Cartas Perdidas’ da campanha SOS-AM são entregues a profissionais da saúde de Nhamundá

A Prefeitura de Nhamundá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), entregou na tarde desta terça-feira (23), mais de 300 cartas do projeto ‘Cartas Perdidas’, em parceria com a campanha SOS-AM, para profissionais de saúde da linha de frente do combate a Covid-19.

O projeto ‘Cartas Perdidas’ trata-se de cartas escritas a mão por voluntários de todo o Brasil, chamados de Carteiros. As cartas levam palavras de incentivo e afeto aos profissionais da saúde que há mais de um ano trabalham na luta contra a Covid-19.

Para a enfermeira Sofia Cruz, que atua na UBS José Evangelista, foi emocionante receber a carta. ‘Receber um minuto desse, esse incentivo em forma de palavras, depois de muito trabalho que a gente teve e tem é muito emocionante, fico sem palavras. Ter esse reconhecimento profissional por pessoas não só próximas da gente, mas de todos os lugares do país é muito gratificante’, completa.

A enfermeira e coordenadora de epidemiologia, Fabíola Silva, compartilhou um trecho da carta recebida por ela. ‘Coloque suas forças no senhor, e ele te fortalecerá. Estamos aqui rezando e orando. Tudo isso vai passar, feche os olhos. E sinta-se Deus te fortalecendo,’ contou.

Já foram entregues diversas cartas a médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, maqueiros, serviços gerais, vacinadores, recepcionistas e demais profissionais que atuam no combate a covid-19 da UBS José Evangelista e do Hospital Cel. Pedro Macedo. Todos os profissionais que trabalham na linha de frente receberão as cartas.

Assessoria de imprensa de Nhamundá

Blog Ilha Tupinambarana

você pode gostar também