Boi Caprichoso evolui para homenagear Aderaldo Reis, sócio-fundador do bumbá

O ato ocorreu em frente ao Curral Zeca Xibelão durante o cortejo fúnebre pelas ruas de Parintins

O Boi Caprichoso prestou homenagem nesta quarta-feira (21) ao sócio-fundador do bumbá Aderaldo Reis, de 63 anos, que morreu nas primeiras horas do dia por complicações da covid-19, em Manaus. O ato ocorreu em frente ao Curral Zeca Xibelão, em Parintins, durante o cortejo fúnebre que ganhou as ruas da cidade e visitou pontos importantes da vida do comunicador.

O presidente do bumbá, Jender Lobato, o presidente do Conselho de Arte, Erick Nakanome, diretores administrativos e torcedores participaram da homenagem. O momento foi breve e singelo, porém cercado de emoção. O Boi Caprichos evoluiu ao som de aplausos em respeito e saudação a Aderaldo Reis.

O ex-tripa do Boi Caprichoso e vizinho de Aderaldo, do reduto tradicional azulado da Rua Cordovil, Marquinho Azevedo, lamentou a perda do amigo. “Peço a Deus que alivie a dor da família, e de todos aqueles que o amavam e o admiravam. Hoje a nação azul e branca chora, pois perdemos um grande homem”, lamentou.

Erick Nakanome lembrou o sucesso do programa azul e branco nas ondas do rádio parintinense e disse que Aderaldo deixou sua marca para sempre. “Vamos ligar o rádio, e não vamos ter mais aquela voz marcante, de alguém que nos alegrou, que nos ajudou a chegar próximo do torcedor. Ele sabia falar com o povo do jeito caboclo, uma voz muito forte que se cala, mas entra para a eternidade”, disse.

Aderaldo Reis se notabilizou como um grande comunicador, com atuação forte no rádio e na televisão. No Caprichoso, ele desempenhou o papel como apresentador, animador e assessor de imprensa. Atualmente apresentava o programa radiofônico do bumbá. Casado com dona Sandra Reis, é também pai de dois importantes colaboradores do Caprichoso, Kamila Reis (assessora de imprensa) e Ygor Risatti (diretor de almoxarifado).

“Perdemos um grande amigo, um apaixonado pelo Caprichoso. Ele deixa um legado de amor por esse boi. Agradeço por todos os anos que atuou conosco, na divulgação de nossos eventos, nas participações assíduas de nossas assembléias. Foi sempre um sócio atuante, presente”, comentou Jender Lobato durante transmissão ao vivo na página do bumbá.

Texto: Marcos Felipe
Fotos: Arleison Cruz

você pode gostar também