Marina Pandolfo (PSD) Ganha Apoio das Mulheres e da Juventude Nhamundaense e dispara na corrida para prefeitura de Nhamundá

A candidata a prefeita de Nhamundá, Marina Pandolfo (PSD), e seu vice, Neto Carvalho, foram convidados por um expressivo grupo de jovens para uma roda de conversa. Na ocasião, segundo a assessoria da candidata, os jovens tiveram pela primeira vez na história da política nhamundaense, espaço para expor suas ideias e anseios.

Mediada pelo professor de História, Josivaldo Conceição, e pela psicóloga, Suelen Lopes, a roda de conversa foi realizada de forma dinâmica, com perguntas, respostas e brincadeiras. Tais didáticas foram utilizadas para falar da importância da política e do voto da juventude nos dias de hoje. A candidata também apresentou aos jovens todos os projetos, inseridos no seu plano de governo, voltados para a juventude da zona urbana e rural do município.
Cuidados

A reunião foi feita em ambiente aberto. Na entrada, era aferida a temperatura corporal dos que desejavam participar, e também foram disponibilizados máscaras e álcool em gel, como podem ser vistos nas imagens enviadas pela assessoria.

PROTAGONISMO FEMININO

O município de Nhamundá, à pouco mais de 302 km da capital, Manaus, possui uma população de 20.633 habitantes, de acordo com os dados do IBGE (2016). Com uma extensão territorial de 14.105,6 km², a ilha carrega em sua gênese o encontro histórico que dá nome ao estado do Amazonas – o encontro entre espanhóis e as grandes índias guerreiras da tribo das Ycamiabas, as Lendárias Amazonas.
O ano de 2020 é histórico para a população nhamundaense, pois querem resgatar o protagonismo feminino, iniciado com as ancestrais e históricas Ycamiabas. Por este motivo, percebe-se um grande apoio de mulheres à candidatura de Marina Pandolfo. As guerreiras nhamundaenses vão as ruas manifestar seus desejos em eleger a primeira prefeita da Ilha Afonso de Carvalho.

“Me sinto muito grata e honrada por tá recebendo tamanho apoio. A juventude e as mulheres também são prioridades em nossa gestão. Como mulher e mãe, tenho certeza que conseguirei ser uma boa ordenadora de nossa ilha. Não precisamos que ninguém venha de fora fazer o que nós sabemos fazer. Somos e vivemos em Nhamundá diariamente, conhecemos nossa realidade”, disse a candidata.

Mais fotos

Assessoria de comunicação

você pode gostar também