Rio Amazonas: fonte de vida, inspiração dos poetas e o charme da floresta

Fotos: aroldobruce

Eis aqui o majestoso Rio Amazonas, maior do mundo, que a mãe natureza nos proporciona a contemplar sua beleza, caniçar o alimento e a poetizar versos e canções.

Águas escuras, barrentas dos tucuxis, do pescador, do mergulhão, do curumim afoito ancorando a canoa  no barranco em meio a canarana e o mureru.

Rio Amazonas da pirarara, das festas populares, das longas viagens do caboclo que a remo associa feliz, arrisca a vida em noites bravís de fortes tempestades.

Rio Amazonas, doce são tuas águas, teus banzeiros barulhentos, que a noite a lua vem beijar, aumentar a piracema e fazer feliz teus súditos ribeinhos, indígenas e quilombolas.

Rio Amazonas dos verões, dos invernos, resistente as longas estiagens, dos romances dos enamorados e das frases de amar cada vez mais lindas. Rio Amazonas…

Blog Ilha Tupinambarana

você pode gostar também