Opinião: a farra do boi é o pior virus que deve ser eliminado

Imagem dos bois Caprichoso e Garantido (Foto divulgação)

Enquanto essa farra com o dinheiro do boi de pano não acabar, Caprichoso e Garantido irão retornar aos ‘currais da miséria’. O cenário dessa política truculenta é desfavorável a população de Parintins que está cada vez mais ameaçada a perder sua principal fonte de renda.

Quando isso acontecer (espero que não ocorra) a história cultural do município será manchada e,  certamentes, os nomes dos administradores desonestos deverão estar em evidência para que  a população não esqueça das mãos ladras que sagraram os bois de pano.

Todo tempo tem patrimônio de boi sendo penhorado. Todo tempo se houve lamentações de presidentes que os bois estão endividados, entretanto, eles ‘brigam’ para estar na diretoria de boi. Tem gente que estar, outros estão ficando milionários por causa dos bois deParintins.

É por isso que os bois estão enfraquecidos financeiramente e, vez por outra, encontram um ‘Salvador da Pátria, para pagar ou perdoar suas dívidas. Agora, é bom dizer, que não será todo tempo que isso vai acontecer, pois vai chegar uma hora que os socorristas irão dobrar às costas.

Sem essas ajudas, certamente, o caminho dos currais da miséria será inevitável. Os presidentes dos bois que afundaram os bois de Parintins devem ser gratos a prefeitura e ao governo do Amazonas que já socorreram bastante às agremiações.

Esse ano, medo do coronavírus chegou aos bois de pano, entretanto, o vírus mais letal que vai destruir os bois são pessoas desonestas, ladras que sugam até a última gota de sangue do boi de pano.

 

Por Aroldo Castro Bruce 

você pode gostar também