Óleo de maconha será testado em tratamento de estresse

A entidade teve  permissão judicial para cultivar cannabis para uso medicinal / Foto: reprodução 

Uma  pesquisa destinada avaliar o impacto dos canabinoides (produtos derivados da maconha)  no tratamento dos sintomas de estresse agudo e crônico em profissionais da saúde , foi iniciada pela Associação Brasileira de Apoio a Cannabis Esperança (Abrace)

A entidade teve  permissão judicial para cultivar cannabis para uso medicinal.

O óleo derivado da maconha que será testado em médicos que atuaram no combate ao Covid-19 age de forma para restabelecer o equilíbrio do organismo e, segundo a entidade,    o efeito demora, em média, 30 dias. “O sistema endocanabinoide, que é formado por receptores e substâncias químicas, eles interagem entre si, faz com que o organismo fique bem e estável. Quando tomamos o canabidiol, ele reforça o estado de equilíbrio, atuando exatamente do sistema endocanabinoide.”

Ao todo foram ouvidos 31 profissionais e 35,5% afirmaram que nos últimos 50 dias, atenderam entre seis e dez novos pacientes com sintomas psicológicos por causa do isolamento social.

 

Fonte Abrace/ CNN

você pode gostar também