Médicos pedem que grávidas sejam vacinadas contra a covid-19

Médicos e especialistas têm se mobilizado para pedir que gestantes também sejam incluídas nos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização contra a covid-19. O movimento acontece não só no Brasil, mas também em outros países.

Até agora, nenhuma vacina foi testada nesse grupo, assim como em crianças e por isso, não pode ser administrada. Segundo as autoridades em saúde, é necessário saber e estudar os riscos que as vacinas podem ter no organismo destas mulheres.

Para a classe médica, por sua vez, as reações adversas já são conhecidas e raras e não representam risco maior que a própria contaminação por coronavírus. Os especialistas pontuam que o próprio estado da mulher já a torna vulnerável e só isso, já seria motivo suficiente para que elas estivessem entre as prioridades.

“As vacinas contra a Covid-19 mostraram possuir mínimo ou nenhum risco potencial para o bebê que recebe o leite. Segundo vacinas administradas previamente, há potencial de que o recém-nascido se beneficie diretamente da imunoglobulina A estimulada pela vacina, que é comprovadamente transmitida pelo leite materno”, disse uma nota da Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia.

PORTAL DO HOLANDA

você pode gostar também