Gente da Ilha: trabalhar nunca foi problema, diz mulher de 60 anos

Deuza dos Santos Santarém, 60, é um exemplo de superação. Dêca como é conhecida tem um pequeno comércio, bairro francesa, e usa triciclo para fazer compras.

 

Ela conta que trabalhar para sustentar a família nunca foi problema. Ela não esquece, porém, de um acidente que sofreu em via pública: foi atropelada por um motoqueiro bêbado.

 

Retornava para a casa de madrugada depois de uma noite de trabalho vendendo bebidas. Ficou traumatizada, não queria mais sair de casa com medo, mas acabou superando e voltou a trabalhar.

 

Dêca diz também que à noite tinha medo de ser assalta. Atualmente, trabalha só durante o dia e usa triciclo somente para fazer as compras para o pequeno comércio. Algumas pessoas, na rua, indagam se ela faz carreto.

 

“Digo logo que não (risos). Não trabalho com carga pesada. Eu uso triciclo há dez anos e é muito melhor do que moto (risos). Desde o acidente fiquei com medo. A segurança no triciclo é melhor”, disse.

 

Deuza é uma mulher trabalhadora, feliz e sorridente. Tem muita energia positiva. Atendeu a reportagem gentilmente, sorrindo, e dizendo que o trabalho é a melhor que coisa que existe na vida.

 

Blog Ilha Tupinambarana

 

 

você pode gostar também