Compositor Cezar Moraes sofre acidente, tem traumatismo de crânio e deve ser removido para Manaus

Cezar Moraes

Um dos maiores compositores e músico de Parintins, Cezar Moraes, luta pela vida. Ele sofreu acidente de trânsito na noite de 4 de dezembro, na estrada Odovaldo Novo, próximo ao Planeta Boi, teve traumatismo craniano. Passou a noite no Hospital Padre Colombo. Cezar Moraes, vai fazer uma tomografia e vai permanecer no Hospital Jofre Cohen.
Devido ao estado de saúde, foi pedido a remoção dele para o Hospital João Lúcio em Manaus. Ele precisa ir de avião UIT. O médico Denison Bentes e outros colegas de Cezar estão acompanhando os procedimentos para uma remoção.
Cezar Moraes é autodidata, sobrinho do sambista e cantor Chico da Silva e um dos ícones das toadas contemporâneas do Boi Caprichoso e Garantido no Festival de Parintins desde 2000. Moraes emplacou toadas em 14 discos no  Vermelho e Branco e 06 discos no Azul e Branco. Sempre teve vários parceiros de composição. É humilde, determinado e muito talentoso. Estreou em 2000 com a toada “Galope da Vaqueirada” no Caprichoso. No ano de 2004, foi para o Garantido e fez as toadas “Coração Brasileiro” e “Romeiro de São José”. Em 2006, Cezar Moraes explodiu a galera do Garantido com a toada “Coração de Torcedor”. Até hoje a toada mais tocada na arena.
Cezar é integrante da União Brasileira de Compositores UBC.
Texto: Hudson Lima

[email protected]

[email protected]

92 991542015

#hudsonlimakoiote

você pode gostar também